Alegria de viver reconciliados

R$29,90
Em estoque
SKU 5319
ou parcelado em:

Alegria e reconciliação se entrelaçam neste novo livro das Edições Shalom. O lançamento ocorre no mês de fevereiro, durante o Alegrai-vos 2021, retiro de Carnaval Online da Comunidade Católica Shalom. 

A obra aborda a reconciliação, que gera alegria, a partir do reconhecimento da missão pessoal, dos dons e fraquezas. Toca em dores profundas, como as feridas da sexualidade, da falta de perdão. Ensina um caminho de reconstrução da história de vida, em que se assume a condição de filho de Deus, vivendo o mistério do segredo, a oferta de vida e a experiência com o Divino. A cada capítulo, uma oração de cura, os exemplos dos santos, os testemunhos de homens e mulheres que encontraram a alegria de uma vida reconciliada.


Mais Informações
Trecho do livro

O desencorajamento e sua marca nesta geração do novo milênio, que se traduz na sua incapacidade de lidar com fracassos e frustrações, aumentando, com isso, cada vez mais o índice de suicídios, podem ser combatidos ao se acolher o próprio fracasso.

Em todo homem, há o preto e o branco, um defeito dominante e uma qualidade natural. Se estamos em estado de graça, existe em nós uma atração especial da graça, que geralmente vem primeiro aperfeiçoar, em nossa natureza, aquilo que de melhor existe nela, para irradiar-se, em seguida, sobre o que não é tão bom. 

A nossa alegria deve ser, desse modo, cumprir a vontade de Deus e não a nossa. Ela deve brotar do nosso coração submetido com fé e amor à vontade de Deus. Essa deve ser a nossa iniciativa, o que está ao nosso alcance, realizar simplesmente o que Deus, soberano Senhor, nos dá a cada momento para fazer.

Precisamos conhecer e acolher as nossas fraquezas sem medo, sem pavor, sem tentar escondê-las, se possível, de nós mesmos. O conhecimento das nossas fraquezas nos ensina que não somos derrotados, mas capazes de uma vida bem maior. Elas são como uma alavanca unida a Jesus que nos aproxima de Deus e dos irmãos.

Renuncie, pois, à mentalidade do mundo, como os apegos, as ilusões, o sucesso, a fama, a busca de reconhecimento, a ganância, a avareza, o sempre querer ter mais, os ídolos, o fechamento à partilha dos bens, sejam eles espirituais ou materiais. Esse é o caminho da felicidade e da paz verdadeira.


Escreva Seu Comentário
Sua avaliação